Delta Cable

Sem categoria

Câmeras térmicas x termográficas: qual a diferença?

O contexto de pandemia em que vivemos atualmente trouxe à tona uma nova preocupação para as empresas: a busca por soluções que garantam e aumentem a segurança de clientes e colaboradores. Dentre as medidas mais adotadas estão: o uso obrigatório de máscaras, o trabalho em escalas de home office e limitação de pessoas dentro dos estabelecimentos.

Câmeras térmicas x termográficas: qual a diferença?

Já em ambientes de grande circulação, como supermercados, aeroportos e indústrias, se fazem necessárias outras medidas mais categóricas para contenção do vírus. Com isso, a procura de opções viáveis de aferição de temperatura corporal aumentou consideravelmente.

As câmeras térmicas e as termográficas possuem funções e nomenclaturas similares mas não devem ser confundidas, pois possuem focos e aplicações totalmente diferentes.
Vamos conhecê-las:

 

Câmeras Térmicas

As câmeras térmicas são utilizadas para identificar diferenças de temperatura em ambientes externos, com longo alcance, em grandes perímetros. Possuem uma acuracidade menor do que as câmeras termográficas.

Para adquirir uma câmera térmica, é necessário obter um CR, um Certificado de Registro do exército.

Por quê? As câmeras térmicas podem ser consideradas um tipo de armamento bélico, que pode dificultar ou até mesmo impedir uma operação do exército. Nesse sentido, todo o processo de compra é controlado, devendo ser acompanhado de perto, desde o fabricante até o distribuidor, a revenda e o usuário final.

De forma geral, a câmera térmica se utiliza da temperatura corporal apenas para proporcionar uma visão noturna, para ajudar a identificar um ser vivo em movimento em um grande perímetro. Além disso, por conta de sua baixa acuracidade, não é capaz de indicar estado febril.

 

(Imagem captada por uma câmera térmica)

 

Câmeras Termográficas

Já as câmeras termográficas possuem aplicação na aferição de temperatura em ambientes internos e controlados e, apesar de terem alcance reduzido comparado às câmeras térmicas, possuem acuracidade de temperatura muito maior, sendo capazes de detectar suspeita de febre e suas principais aplicações são em locais de grande circulação de pessoas, como eventos, shoppings, indústrias, supermercados, hospitais, etc.

Esse tipo de câmera é capaz de detectar a temperatura com margem de +- 0,3ºC e emitem alertas que indicam quais pessoas devem ser examinada mais cautelosamente, com um termômetro clínico. Por terem uma finalidade de triagem apenas, não necessitam de licença.


(Imagem captada por uma câmera termográfica)

Mas se a câmera termográfica não dispensa o uso de um termômetro para verificação final, por que utiliza-la?

Com sua capacidade de detecção da temperatura de até 30 pessoas simultaneamente, se tornaram grandes aliados no processo de triagem, otimizando o trabalho das equipes médicas. Tomando como base que a aferição de uma única pessoa com um termômetro clínico leva em torno de 5 segundos, veja o comparativo abaixo:

Observe a diferença! Essa rapidez de aferição evita aglomerações e filas na triagem, trazendo ainda mais segurança para as pessoas que frequentam o ambiente.

 

Quer conhecer um case real de aplicação das câmeras termográficas? Clique aqui para ler nosso case de sucesso!